Pedras de Bancada: A Batalha

OLAR!

Vamos lá! Esse espaço de preparo de alimentos que é funcional e organizado (nem sempre kkk) chama-se bancada! É nela que nós embutimos ou sobrepomos as cubas, pias e tanques. Então são utilizadas em diversos lugares, principalmente em cozinhas, banheiros, lavabos, áreas de serviço e varandas gourmet. 



Primeiramente, saiba qual estilo você deseja seguir e qual o budget disponível, ou seja, quanto você pretende gastar para a escolha da bancada dos sonhos. Relaxa, mana! Existem diversos materiais no mercado, para todos os gostos e bolsos.
Para uma cozinha, onde é local de atividades, a praticidade vem em primeiro lugar, então devemos preferir superfícies resistentes, não porosas¹ e de alta durabilidade. Já para o lavabo, podemos ousar nas cores e formas.
Dito isso, vamos ao que interessa, então pega o papel e a caneta e anotem tudo!



ArquitetoUKÊ? 
Porosa¹ significa que uma superfície possui poros, é cheia de furos; perfurada.

GRANITO
Essa aqui você conhece! É a pedra natural mais comum e utilizada, a queridinha de todos. 



Vantagens: 
– Granito é resistente a impactos, a alta temperatura e tem uma boa durabilidade. 
– Tem o melhor custo benefício do mercado.
– Fácil limpeza e manutenção.
– Baixa porosidade.
– Enorme variedade de cores.

Desvantagens: 
– Causa um grande impacto na natureza.
– Suas cores não são homogêneas, apresentam pintas diversas em toda superfície, que implicam em pontos visuais indesejáveis. 
– Os granitos claros são propícios a manchas, esses devem ser evitados nas cozinhas e nos banheiros.

Curiosidade: Quanto mais “pintadinho” for o granito, mais resistente ele vai ser.

Custo do m²: A partir de R$:300


MÁRMORE
Esse aqui é o sonho de consumo de muitos! É a pedra natural mais chique, maaaas tem certas restrições no uso, então fique atento.



Vantagens: 
– Possui tons mais homogêneos com manchas maiores, sua principal característica. 
– Tem uma grande variação de preços, no entanto os mármores nacionais são mais baratos. 
– Tem uma boa durabilidade e é mais utilizado em banheiros e lavabos.
– Com os mármores mais claros, podemos utilizar iluminação no interior da bancada e criar um efeito top.

Desvantagens: 
– Sua superfície é bastante porosa, então mancha sim, e muito! Não é indicado para bancadas da cozinha.
– Superfície propícia a riscos.
– Por ser poroso e absorver os líquidos, ele se torna também frágil, podendo quebrar com facilidade.

Custo do m²: a partir de R$500


SILESTONE

Sofisticação e versatilidade! É uma pedra sintética composta por 95% de pó de quartzo e resina, dando uma aparência mais homogênea, podendo ser liso em cores ou estrelar.





Vantagens:
– Lindo! Tem muitas possibilidades de cores e um brilho duradouro na superfície.
– É altamente resistente.
– Fácil de limpar, tem uma boa vida útil, é resistente a riscos e manchas.
– Alguns são feitos com materiais reciclados, então é caracterizado como sustentável.

Desvantagens:
– Não é o material mais em conta.
– Não é recomendado para ambientes externos, pois a luz solar pode modificar sua tonalidade.
– Possui emendas, dependendo do tom escolhido pode ser perceptível.
– Cuidado ao colocar objetos muito quentes sobre a pedra, pode danifica-la. 

Curiosidade: O nome correto é “pedra de quartzo”, e o nome “silestone” é a marca! É o mesmo equívoco que temos com o bombril por exemplo, que é uma marca de palhas de aço e não o nome do produto, mas isso não é importante kkk.

Custo do m²: R$ 800,00 a R$ 2000,00




NANOGLASS

É aquele branco com acabamento cristalizado, sabe? O nanoglass é a evolução do marmoglass, que é um material de origem chinesa, composto por pó de mármore e pó de vidro. Só que a fabricação dessa pedra acabava deixando pequenas bolhas de ar em seu interior, fazendo com que o material ficasse menos resistente. Mas é aí que entra a nanotecnologia (há!), que inclusive dá nome ao material. Esse novo método de confecção elimina o problema das bolhas, deixando a pedra muito mais resistente e menos suscetível a absorção de líquidos (agora sim!). 




Vantagens:
– Possui uma superfície sólida, nada porosa então não mancha.
– Sempre branco e com um brilho impecável, sua superfície não encarde.
– A manutenção é tranquila e possui uma alta durabilidade.
– Ele é chique, vai! Fica lindo em banheiros e lavabos, para quem busca homogeneidade para o seu espaço. 
– Não tem restrições para ambientes internos e externos.

Desvantagens:
– Como a superfície é rígida, pode trincar! Não havendo a possibilidade de reparos.
– Manutenção periódica. Para garantir uma maior durabilidade, é ideal polir a peça.
– O seu valor é salgado!
– Baixa resistência ao calor, então cuidado hein!
– Por ser de vidro e mármore, ele tem facilidade em apresentar riscos.


Custo do m²: a partir de R$1000


CORIAN

Inovação! Esse queridinho do momento dá liberdade a qualquer projeto! O Corian é um material sintético, feito de resina acrílica, e tem como principal característica o fato de ser “termo-moldável”, ou seja, ele é feito em placas únicas, sem emendas, suas junções são curvas, e isso cria um leque enorme de possibilidade!


Vantagens:
– Tem mais de 100 variações de cores!
– É um material resistente manchas e de fácil limpeza por não ser poroso.
– Termo moldável. Se você pretende fazer curvas, esse é o material que você procura, pois ele pode ser modelado, ganhando curvas e formas! Ele é versátil.
– Além de bancadas, o Corian pode se transformar em móveis, fachadas, revestimentos de paredes e o que sua imaginação permitir!


Desvantagens:
– Não resiste a temperaturas muito altas, pode causar dilatamento ou rachaduras. Pode ser usado em cozinhas, sim! Porém não deixe objetos quentes na superfície por muito tempo. Recomenda-se o uso de descansos de panela na própria bancada.
– Valor. Você viu o quanto esse material é revolucionário, né? Isso não é barato. É um dos m² mais caros, pode variar entre R$1.300 a R$3.000.
– Tem facilidade para riscar. No entanto, algumas cores recebem acabamento fosco, que minimiza a percepção de pequenos arranhões.

Agora que abrimos sua mente, qual o material mais combina com seu espaço e com seu bolso? Sabemos que é difícil decidir, afinal, a bancada é um dos principais atrativos de uma cozinha ou banheiro né? Mas oh, vale a pena investir na bancada dos sonhos, sim! 
Então use e abuse dessas dicas para descobrir qual material melhor se encaixa na sua casa. 
 Spoiler: Ainda nem falamos de todos os materiais disponíveis no mercado! Fica de olho nos próximos posts que falaremos de produtos ainda mais revolucionários. 

por Manu  e Rafo

Postado por


 
ALINE FEITOSA
aline@olar.com.br

 
LAIANA PINHEIRO
laiana@olar.com.br

 
LORENA PEDROSA
lorena@olar.com.br

 
MANUELLA LEÃO
manuella@olar.com.br

 
MILENA MOTA
milena@olar.com.br

 
RAFAEL SÁ
rafael@olar.com.br

 
RAFAELA SANTOS
rafaela@olar.com.br

 
RENAN NASCIMENTO
renan@olar.com.br